Cacercopar - Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais da Região Centro-Ocidental do Paraná

Acicam aderiu a participação de C. Mourão em ação da ONU

A Associação Comercial e Industrial de Campo Mourão (Acicam) já formalizou o termo de adesão à participação do Município no Programa Cidades, do Pacto Global da ONU – Organização das Nações Unidades. Campo Mourão participa do programa no terceiro nível, correspondente à “Cidade Inovadora”. É a 15ª cidade selecionada pela instituição internacional para participar da ação em todo o mundo no nível de Cidade Inovadora.

O termo de adesão da Acicam foi assinado pelo presidente Marcelo Chiroli na última reunião mensal da entidade. Um dos pré-requisitos exigidos pelo Programa Cidades é a participação do governo, sociedade civil e empresariado em todas as etapas do projeto. Especialmente das comunidades diretamente beneficiadas com o projeto.

Apenas 50 cidades no mundo participam do Programa Cidades, do Pacto Global da ONU. No nível de Cidade Inovadora eram apenas 14 em todo o planeta, até a inclusão de Campo Mourão. São elas: Melbourne (Austrália), As-Salt (Jordânia), Milwaukee e San Francisco (Estados Unidos), Asker (Noruega), Tshwane (África do Sul), Berlim (Alemanha), Jamshedpu (Índia), Ulaan Baatar (Mongólia), Jinan (China), Plock (Polônia), Le Havre (França), Bogotá (Colômbia) e Porto Alegre (até então a única cidade brasileira contemplada).

No nível de Cidade Inovadora, o programa da ONU oferece estrutura para a construção coletiva, unindo esforços entre empresas, governo e sociedade civil para produzir respostas concretas em áreas onde iniciativas locais têm falhado, proporcionando oportunidades de mudança nas áreas de gestão de resíduos, saneamento, redução da pobreza, segurança no trânsito e habitação.

Convite

Foi graças às ações do Fórum Permanente da Agenda 21 Local é que Campo Mourão foi convidado e aderiu ao programa. Para o desenvolvimento das ações foi escolhida a área de desfavelamento do rio Km 119 (no trecho compreendido entre a Estrada Boiadeira/BR 487 até os fundos do Conjunto Habitacional Parque Verde). O Fórum da Agenda 21 considerou as inúmeras tentativas frustradas de limpeza e reabilitação da área de desfavelamento da antiga Comunidade São Francisco de Assis e vislumbrou no Projeto Inovador a oportunidade de solução para os inúmeros problemas existentes na área, que contribuem com a degradação do rio Km 119.

Também já foi constituído o Secretariado Local do Programa Cidades em Campo Mourão. E o organismo já vem discutindo com representantes da comunidade, técnicos do Município e de diversas entidades parceiras os problemas a serem enfrentados e as alternativas para superar esses desafios na área de saneamento e recuperação ambiental, habitação, infraestrutura urbana, segurança e lazer.

A ideia central é separar fisicamente a malha urbana da área de preservação permanente (APP), por meio de uma ciclovia que servirá de estrutura de integração entre os bairros, desde a Vila Cândida ate o Parque Verde. Tudo o que ficar entre a ciclovia e APP será objeto de reabilitação, como - por exemplo - a limpeza e isolamento da área, o reflorestamento ciliar, a criação de áreas de lazer, a adequação dos emissários pluviais, entre outros.

Uma vez definido e aprovado o Projeto Inovador, a ONU se encarrega de articular as fontes de financiamento entre as 8.700 empresas e organizações de 130 países participantes do Pacto Global, a maior iniciativa de responsabilidade corporativa voluntaria do mundo.

Grupo Crítico

A Acicam também faz parte do Grupo Crítico de Referência, que é formado ainda por representantes da Câmara de Vereadores, Observatório Social, Coordenação Regional da Fiep, Copel, Sanepar, Conselho de Arquitetura e Urbanismo, Associação Regional de Engenheiros e Arquitetos, Águas Paraná e o Instituto Ambiental do Paraná. Ao grupo cabe assessorar na elaboração e implementação de projetos, monitorar e avaliar a evolução dos trabalhos e estender o apoio dentro de suas esferas de influência. É composto por representantes do governo, setores privado e sociedade civil e convocados pelo interlocutor do programa.

Fonte: Acicam



<< Voltar

Parceiros