Cacercopar - Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais da Região Centro-Ocidental do Paraná

MULHER

Até parece uma grande coisa, terem estabelecido uma data específica para as mulheres. Na verdade, a mulher não precisa de um dia específico, de uma data pré-estabelecida, o seu dia, são todos os dias, pois estão vivas e são atuantes independentemente de dia, na verdade, nunca têm folga! As mulheres, sempre foram discriminadas, sempre estiveram em segundo lugar na escala de valores, e tudo isso se deve a esse regime patriarcal e machista em que vivem. 

Mas apesar disso tudo, elas estão cada vez mais conquistando o seu espaço e o seu lugar na sociedade. A mulher sabe que dispõe de muitas armas em seu favor, pois mesmo mostrando fragilidade, ela pode ser forte e decidida, sendo assim tirar da sua sensibilidade a força de que precisa. Mesmo vivendo nessa realidade, não deve perder o seu romantismo, seu carinho e sua atenção, deve saber transformar a rotina do seu dia-a-dia, numa sucessão de novidades e descobertas. 

Deve de tudo tirar uma lição de otimismo é um ganho de experiência. Deve ser resistente nas intempéries da vida, pois ela própria é vida, e gera vida, sendo assim, sabe o conhecimento exato do que significa a palavra AMOR. A mulher, com o seu jeitinho, e a sua delicadeza, soube saltar e conquistar o seu degrau na escada da vida, que inclui o seu lado profissional, o seu lado familiar e o seu lado pessoal.

A mulher inteligente, deve fazer questão de ser tratada e considerada com um "vaso mais frágil", para ser tratada com respeito, com carinho, com amor, com cuidado e é nesse momento que ela mostra a "força" que tem. Ser forte, não significa gritar, para ser ouvida e para chamar, se isso pode ser feito com uma voz doce e carinhosa.

Não precisa exigir para conseguir as coisas, se com um jeitinho especial pode pedir e ser atendida. Por isso tudo, VIVA A MULHER, não somente no dia 8 de março Dia Internacional da Mulher, não somente no segundo domingo do mês de maio, Dia das Mães, não somente no Dia das Avós, que é mãe duas vezes. Mas sim, viva a mulher, todos os dias, todas as horas, todos os minutos e todos os segundos, porque a MULHER é MULHER a todo o tempo.





<< Voltar

Parceiros